top of page
  • itatijuca

Você sabe o que são bactérias promotoras de crescimento de plantas (BPCP) ?

As plantas interagem com diversos micro-organismos seja na folha, nas flores, na raiz ou até mesmo internamente dentro dos vasos do xilema e do floema. Dentre a vasta amplitude de micro-organismos (vírus, protozoários, fungos e bactérias (nome genérico aqui para incluir dois Domínios: Archaea e Bacteria) escolhemos para essa discussão somente os procariontes (bactérias). Esses são micro-organismos amplamente encontrados no solo e que exercem diversas funções importantes tanto para a saúde da planta quanto para equilíbrio do ambiente do solo em relação as suas frações físicas, químicas e biológicas.

Em analogia, nós humanos tiramos benefícios das bactérias. As utilizamos para produzir além de alimentos como queijo, também antibióticos, enzimas, insulina, probióticos dentre outros que são amplamente utilizados na medicina e na indústria. As plantas também se beneficiam das bactérias. Elas recrutam aquelas que vão protegê-la de estresse ambiental (p.ex. escassez de água e de nutrientes) e de patógenos (p. ex. fungos e nematóides). São bactérias que possuem funções de ação direta ou indireta sobre a planta. As de ação direta são aquelas que produzem hormônios vegetais que favorecem o desenvolvimento radicular e/ou que ajudam na nutrição vegetal e ainda produzem compostos que reduzem o efeito de estresse ambiental sobre a planta (modulação da produção de etileno). Destacam -se espécies dos gêneros Azospirillum, Rhizobium, Bradyrhizobium, Bacillus, Burkolderia e Pseudomonas. E os indiretos, aqueles que inibem ou modulam outros organismos do solo e induzem resistência sistema das plantas. Destacam-se aqueles produtores de antibióticos, metabolitos (que estimulam outros micro-organismos diretamente benéficos à planta), Sideróforos (que quelam ferro inibindo o crescimento de fungos). Aqui destacam espécies dos gêneros Rhodococcus, Bacillus, Pseudomonas e Enterobacter.




Então BPCP ou bactérias promotoras do crescimento de plantas são todo o conjunto de bactérias que favorecem o desenvolvimento das plantas de forma direta ou indireta.

O leitor, já experimente no ramo agronômico, reconheceu algumas bactérias já utilizadas há tempos como ferramentas na agricultura. Contudo, ainda tem muito a ser desenvolvido. Apesar de destacarmos indivíduos, o caminho hoje a ser apontado é na comunidade como um todo. Assim, o uso dessas ferramentas pode avançar em alguns sentidos como:

1-     Sabendo que a comunidade microbiana se modifica com os estádios fenológicos da planta, quais micro-organismos e/ou seus metabólitos podemos utilizar para alterar a microbiota da planta de modo a aumentar a produtividade e em qual momento aplicar?


2-     Quais os benefícios dessas ferramentas em um solo com alta diversidade e em um solo com baixa diversidade microbiana?

 

Dr. Rafael L. F. Vasconcellos

Professor e Diretor de PD&I Agro


7 visualizações0 comentário
bottom of page